Notícias

Buscar

É AMANHÃ! MARCELO ARAGÃO SALDANHA LANÇA LIVRO "PITUCA - A MINHA FORTE LUZ AMARELA".


MARCELO ARAGÃO SALDANHA É TURISMÓLOGO, PROFESSOR E UM APAIXONADO PELAS ARTES, BOA LEITURA E VIAGENS.


Marcelo Aragão Saldanha, nasceu em São Luís, no ano de 1973 – sendo o primeiro, dos dois únicos filhos de PITUCA (PETRONÍLIA Aquino Aragão). Aos seis anos de idade, recebeu o seu diploma do ABC, tendo ele próprio, com quase nenhuma ajuda de sua tia/historiadora (vizinha) Neném, escrito o discurso que fez representando a turma do Jardim de Infância Pequeno Polegar do Colégio Dom Bosco. Começava ali, sua vocação pela literatura.


Na universidade, revelou-se um entusiasta de uma outra grande paixão – as Viagens e os seus serviços inerentes. Formado em Turismo, especializou-se em Administração de Grandes Hotéis, tendo feito mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. Suas monografias e dissertação foram escritas com primor.


Trabalhando por quase três décadas, militou sempre com muita criatividade, dedicação e entusiasmo, junto dos mercados de Eventos, da Hotelaria e da Restauração, em cidades como São Luís-MA, bem como Barreirinhas-MA e Belém-PA. Paralelo a tudo o que fez, sempre quis ser professor, sempre esteve em salas de aula – assim foi no UNICEUMA, assim é no IFMA Campus Barreirinhas, onde desde 2012 é servidor público concursado.


Por onde a sua cátedra esteve, os seus tantos alunos (hoje amigos, colegas de trabalho), o lembram como muito espirituoso, porém demasiadamente exigente, além de ser proprietário de um vasto conhecimento técnico e de uma oratória naturalmente elegante.


Como professor continua escrevendo muito – os artigos científicos para a conceituada Revista Brasileira de Ecoturismo discutem temáticas, as mais diversas e úteis, da cidade que em 2017, muito agradecida, lhe outorgou o título de Cidadão, e em 2019, desde a Academia Barreirinhense de Letras, Artes e Ciência lhe assentou na cadeira de número 36, cuja patronesse é Consuelo Dulce Côrrea, pioneira no Turismo da região dos Lençóis Maranhenses. Mas, é como homem, pleno de sensibilidade; como filho, saudoso de sua mãe que subitamente partiu para Deus, que ele publica agora, a sua primeira obra literária, muito valorada em emoção (como tudo o que realiza), escrita com as mãos do coração, sob o título PITUCA – a minha forte luz amarela. Das mídias sociais para o livro.


INEVITÁVEL SOLIDÃO FÍSICA, MARCELO SALDANHA PRECISOU DESENVOLVER “MECANISMOS” DE MITIGAÇÃO DAQUILO QUE TEM MUITAS SAUDADES.


NOITE DE AUTÓGRAFOS

LOCAL: Restaurante Escola do SENAC

DATA: 01 de setembro 2021

HORÁRIO: 18h ás 22h